segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Makana Football Association – futebol nos tempos do Apartheid

O regime do Apartheid, política oficial de racismo na África do Sul no século passado, foi um dos mais cruéis e tristes acontecimentos da historia recente mundial. Líderes negros, opositores do regime oficial e até cidadãos comuns considerados presos politicos eram encarcerados. Uma das prisões mais famosas (por ser de segurança máxima, pela importância dos presos, tamanho, etc) era a de Robben Island, ilha situada há cerca de 40 min de barco da Cidade do Cabo.Em 1960, o governo desativou uma base da marinha sul africana e a ilha se tornou um presidio de segurança máxima. Figuras importantes da política sul africana como Nelson Mandela, Walter Sisulu, o atual presidente Jacob Zuma, Robert Sebukwe, entre outros, foram aprisionados lá. Entretanto, apesar de todo sofrimento, os presos conseguiram organizar de alguma forma, uma liga de futebol, que contribuiu enormemente para tornar suas vidas menos sofrida.
O futebol sempre foi o esporte preferido dos negros sul africanos, ao contrario do rugby, apreciado pela minoria branca.Instituido em 1948, o Apartheid privava os presos de quaisquer direitos civis,com toda e qualquer atividade recreativa proibida. Mas em 1964, após intervenção da Cruz Vermelha Internacional, eles obtiveram a permissão para jogar futebol nos fins de semana.Uma parca biblioteca era uma das poucas fontes de cultura disponíveis na prisão, e foi através de velho um manual de regras da Fifa lá esquecido, que os presos tiveram a idéia de montar um torneio de futebol. Era o ano de 1966. cabe ressaltar que os 2 maiores focos de resistência ,ANC (African National Congress, do qual Mandela fazia parte) e PAC (Pan African Congress, liderado por Sebukwe) mantinham certa tensão entre si, mesmo entre os encarcerados. Mas o caráter conciliador do futebol prevaleceu e em 1967 nasceu a Matyeni Football Association. Os times fundadores são Gunners FC, Dynamo FC, Manong FC, Rangers FC e Bucks FC. O “regime” descobriu que poderia utilizar o futebol para punir presos ilustres e assim vários muros foram construídos para impedir que esses presos visem os jogos. Após muita luta e negociação, as autoridades governamentais reconheceram a criação da liga, que passa a se chamar Makana Football Association, em 21 de junho de 1969.
A nova Liga engloba todas as equipes existentes:Bucks FC,Manong FC, Zeus FC,Falcons FC,Inkonjane FC, Old Crocks FC, Katimamolilo FC, Blues FC, Dinare FC, Isandlwana FC, Ditsitsiri FC, Dynaspurs FC, Fighters FC, Pioneers FC, Dynamo FC, Heroes FC, Hotspurs FC, Maritime FC, Island Tigers FC, Khahlamba FC, Bçack Eagles FC, Tornado FC, Sakhile FC, Batsumi FC, Rangers FC, Fanatics FC, Medumo FC, Gunners FC e The Happy Boys FC.
Em 18 de julho de 2007, a FIFA aceita a Makana FA como Membro Honorário. O produtor cinematográfico Anant Singh lança o filme “More than just a game”, baseado na história da Makana FA.
Como curiosidade, vale dizer que o atual presidenete sul africano Jacob Zuma, atuou como arbitro nos jogos da Makana FA. Steve Tshwete, antigo dirigente da Makana FA foi o 1º Ministro dos Esportes no governo Mandela, após as 1ªs eleições democráticas do pais nos anos 90.Emanto Tshabalala, atuando pelo Gunners FC foi um dos artilheiros da Matyeni FA em 1968 com 5 gols; 42 anos depois, seu sobrinho Siphiwe Tshabalala marcaria o 1º gol da Copa do Mundo 2010.



AUTOR:WILSON DRUMOND

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário